Press "Enter" to skip to content

20 artistas do forró baiano para a Globo NE aprender sobre o nosso São João

Compartilhe

Vivemos um momento tão atípico e desolador, que não ter o São João é algo que acerta em cheio o coração de muitos nordestinos. Quando vi a propaganda da Globo Nordeste falando de uma live em homenagem ao São João me causou muita felicidade. Mas logo em seguida veio a decepção. O evento contará com um artista de cada um dos nove estados do nordeste.

Do Piauí será o cantor Anderson Rodrigues; Flávia Bitencourt pelo Maranhão; do Rio Grande do Norte os Cavaleiros do Forró; Solange Almeida será a representante do Ceará; Mano Walter representará Alagoas; da Paraíba o nome escolhido foi o de Amazan; a banda Fulô de Mandacaru foi a eleita por Pernambuco; Sergipe contará com o forró da Calcinha Preta; e a Bahia terá como representante Leo Santana. Se não bastasse a pandemia acabar com a festa de São João, a Globo NE acabou de jogar a última pá de cal.

Respeito demais a trajetória do cantor Leo Santana na música. Oriundo do subúrbio de Salvador, o artista superou diversas adversidades e se consolidou como um dos cantores com mais prestígio da música brasileira na atualidade. Entretanto, a escolha de Leo para uma live de São João é uma completa afronta a identidade dos festejos juninos.

O São João não é apenas uma festa religiosa que ocorre em junho. O São João é uma identidade regional consolidada na cultura nordestino que extrapola os limites da região e permeia o imaginário de muitos brasileiros. O São João é a cultura do nordestino expressada na culinária, nos adereços, na música, no modo de vida. São João é milho, bandeirolas, quadrilhas e sobretudo o forró. Talvez o forró seja o elemento mais forte de coesão entre todos os nordestinos. É a marca que que nos une e nos fortalece. E talvez quem escolheu Leo Santana não tenha a dimensão disso. Ou, até mesmo, quem escolheu tenha o simples objetivo de monetarizar a partir da nossa cultura. O São João apenas um simples produto no portfólio de quem produz conteúdo.

Globo Nordeste, apresento a vocês 20 artistas que nasceram ou criaram laços com a Bahia a partir do forró. Certamente com uma relação de pertencimento com o São João muito maior do que Leo Santana.

Virgílio, Zelito Miranda, Targino Gondim, Cicinho de Assis, Verlando e a Flor Serena, Estakazero, Forró do Tico, Jefinho Dias, Adelmario Coelho, Hugo Luna, Del Feliz, Edigar Mão Branca, Flavio José, Zefa di Zeca, Solange Almeida, Carlos Pitta, Ari PB da Cacau com Leite, Jó Miranda, Marquinhos Café e Acarajé com Camarão. Existem tantos outros que poderiam cumprir bem esse papel. Apenas listei 20.

12 Comments

  1. Felipe Felipe 14 de junho de 2020

    Leo Santana !?
    Que critério de escolha será que usaram ein ($$$)…

  2. Marcus Henrique Jesus Marcus Henrique Jesus 14 de junho de 2020

    Concordo integralmente com o post. E faço mais um adendo, acho inadequado e desrespeitoso o Léo Santana não declinar desse convite. Deveria rejeitar por compreender que não é seu gênero musical de origem. A crítica nesse sentido tem que ser a Globo NE que faz essa escolha e também a quem aceita sem uma autocrítica do seu próprio trabalho.

  3. Day Day 16 de junho de 2020

    Como é que pode um trem desse ? Leo Santana para representar nosso São João? Me poupem, se poupem e nos poupem!!!

    • Marcel D'Alexandria Marcel D'Alexandria Post author | 16 de junho de 2020

      Nada contra a ele, mas temos excelentes nomes na Bahia. Obrigado pela participação, Day.

  4. Geruza Costa S. Guedes Geruza Costa S. Guedes 16 de junho de 2020

    FIQUEI EM PRANTO DE LAGRIMAS…
    DÓI NA ALMA ESTUPIDEZ.
    TANTOS GRANDES NOMES….
    E POR FALAR NISSO…
    MARCEL D’ ALEXANDRIA
    KD AS MULHERES ?
    COMO EU :
    VC ESQUECEU DE GERUZA GUEDES, CESCÉ AMORIM , JURANDY DA FEIRA ( PARCEIRO DO MESTRE LUIZ GONZAGA , BULE BULE E OUTROS.

    • Marcel D'Alexandria Marcel D'Alexandria Post author | 16 de junho de 2020

      Boa tarde, Geruza. É um prazer falar com você. É realmente muito triste saber que o espaço do forró tem sido ocupado por outros grupos. De fato o meio do forró é extremamente masculinizado. Mas felizmente isso vem mudando. Hoje temos em todo o Brasil a força da mulher no forró, não somente com Elba e Anastácia, por exemplo, que lutaram por anos para levar o ritmo por todo o país. Nossa Bahia é repleta de grandes nomes que não cabem somente em um único texto. Novamente muito obrigado por você participar e me desculpe por esquece-la. Parabéns pelo trabalho. E que o respeito o espaço do forró só aumente e jamais seja desprezado. Feliz São João!

  5. tenilson tenilson 16 de junho de 2020

    como e que pode colocar um pagodeiro pra Representar nosso sao João Estão distruindo nossa cultura alguém tem que tomar providências.nao podemos deichar acabar com nossa cultura nordestina.

    • Marcel D'Alexandria Marcel D'Alexandria Post author | 16 de junho de 2020

      É uma tristeza mesmo, meu querido.

  6. Alessandra Gramacho Alessandra Gramacho 16 de junho de 2020

    Parabéns pela Matéria, Marcel.

    Fiz um MANIFESTO DO FORRÓ te enviei por email.
    Só para fortalecer o texto, Solange não é Forró.
    Um abraço fraterno.
    Alessandra Gramacho
    @forumforroderaizbahia
    71993370013

    • Marcel D'Alexandria Marcel D'Alexandria Post author | 16 de junho de 2020

      Obrigado pelas palavras, Alessandra. Seguiremos lutando em prol do forró. Levantando a bandeira da nossa cultura, valorizando o saber fazer. Conte conosco nessa batalha. Abraços

  7. MARCELLO MARCELLO 17 de junho de 2020

    Uma sacanagem isso! Mas so pra corrigir, flavio José, Targino Gondim não são baianas!

    • Marcel D'Alexandria Marcel D'Alexandria Post author | 17 de junho de 2020

      Realmente, Marcello. É uma tristeza total. Quanto a Flávio José e Targino Gondim, sabemos que não são baianos. Foi por isso que falamos lá no texto que existem artistas que criaram laços com a Bahia. Tenho certeza que a maioria dos baianos se sentiriam prestigiados se um dos dois, por exemplo, fossem os nossos representantes nesse momento. Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *